quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Fogo...


Portugal agora é assim: inundações no Inverno, incêndios no Verão. Vários fogos destroem vegetações, casas e pessoas. De norte a sul do país, os bombeiros não chegam para tanto fogo. A população ajuda como pode. E fica a questão: quem começa estes fogos? E porquê?

Já houve dois bombeiros mortos e poderá não ficar por aqui. Os meios escasseiam. E o dinheiro que teria sido mais bem empregue em helicópteros preparados para estes fogos foi gasto em submarinos que muito dificilmente serão necessários.

Quero deixar aqui uma palavra de apreço aos bombeiros que, por todo o país, fazem de tudo para combater estes incêndios; pessoas corajosas que trabalham incansavelmente (muitos deles de graça!) com os poucos meios de que dispõem. É de pessoas assim que precisamos.

E peço chuva. Muita chuva.

Sem comentários:

Enviar um comentário